Fonte: Redação, com informações do Money Times - Foto: Divulgação

O preço médio do aluguel de residências registrou alta de 0,65% em fevereiro, segundo um levantamento realizado pelo Índice Fipe. Com isso, o valor superou a inflação do mês medida pelo IPCA (IBGE), de 0,43%, apresentando novo aumento real de 0,22%.


Das onze cidades monitoradas, Salvador foi a única a registrar queda no preço médio das locações residenciais no mês passado – 0,80%. Recife, por outro lado, apresentou a maior variação positiva do mês, tendo seu preço médio subido 1,33%.


Análise dos últimos 12 meses


O índice acumula alta nominal de 2,47%, inferior à valorização de 3,89% do IPCA e de 7,60% do IGP-M (FGV). A variação real continuou no negativo, em 1,37%.


As três capitais que registraram queda no preço médio do aluguel de imóveis residenciais foram Rio de Janeiro, com queda de 2,62%, Fortaleza, com 1,19%, e Salvador, com 0,74%. As cidades com maior alta, por sua vez, foram Brasília, com valorização de 7,28%, Recife, de 7,22%, e Belo Horizonte, de 6,89%.


Preço médio


O preço médio de locação residencial em fevereiro foi de R$ 28,29/m², tendo São Paulo registrado o valor mais elevado – R$ 37,40/m² – entre as 11 cidades monitoradas. Rio de Janeiro e Brasília vêm em seguida, com preços médios de, respectivamente, R$ 30,41/m² e R$ 28,48/m². Já entre as capitais com os menores preços, os destaques vão para Fortaleza, apresentando R$ 15,69/m², Goiânia, R$ 16,26/m², e Curitiba, R$ 18,11/m².


Rentabilidade


Em fevereiro, o retorno médio do aluguel residencial, já anualizado, ficou em 4,50%, maior do que o retorno médio apresentado por aplicações financeiras de referência.


Rua Hiroshima, 444
Vila Nascente
Campo Grande - MS

Ver mapa

(67) 98409-2939